Os melhores sites gratuitos de gramática francesa

Como qualquer assunto na internet, a oferta de material sobre a gramática francesa parece infindável. Mas e a qualidade? Na verdade, poucos são os sites que oferecem teoria inquestionável, exercícios bem elaborados e material abrangente.
Neste post, você vai conhecer os melhores sites gratuitos para aperfeiçoar o seu francês.

Na escolha destes sites, considerei especialmente a qualidade do material apresentado e a sua abrangência. Com certeza há outros bons sites que apresentam ótimo conteúdo; eles estão na minha mira para verificação, e falarei deles em posts futuros.

Entre os escolhidos há, de um lado, sites exclusivamente teóricos, do outro, aqueles que têm predominantemente exercícios.
Vamos lá, do mais simples para o mais complexo.

  1. Le français en ligne (exercícios e teoria)
  2. CCDMD – Amélioration du français (teoria e exercícios)
  3. Banque de dépannage linguistique (teoria e exercícios)
  4. Académie française (teoria)
  5. La grammaire du français langue étrangère pour étudiants finnophones (teoria e exercícios)
  6. Manuel de la grammaire française, de Gabriel Wyler (teoria)
  7. Bônus (teoria e exercícios)

1. Le français en ligne (exercícios e teoria)

http://w3.restena.lu/amifra/exos/

Indicado preferencialmente para alunos intermediários, possui também algum material que pode ser usado por iniciantes (especialmente se tiverem a supervisão de um professor) ou por estudantes avançados fazendo revisão.

Contém excelentes exercícios que, na sua maioria, podem ser tanto impressos quanto realizados on-line: clique no nome ou no número do exercício para fazê-los on-line ou em imprimer para imprimi-los.
Ambos têm correção; para ver a da versão impressa, basta clicar em corrigé.
Há algumas dicas teóricas que você pode ver clicando nos pontos de interrogação.

É um ótimo site, mas:

  • Não cobre toda a gramática, afinal é para intermediários.
  • O forte são os exercícios, não as explicações gramaticais.
  • Ao mudar de página, o endereço não se altera. Ou seja, se você quiser mandar o link para o professor ou um colega, é preciso fazer o seguinte:
    • Na página que dá a lista dos exercícios, dê um clique com o botão direito no link desejado e escolha “copiar o link/endereço do link”.
      Mas, se você já estiver na página dos exercícios, terá que voltar para a página anterior, a da lista, e fazer o procedimento acima.
  • Há alguns links que não levam a lugar algum, dando a impressão que o site ainda está em construção, por exemplo, Culture, ou então Les verbes, subdivisão de Les mots; neste caso, talvez porque já exista toda uma divisão de 1o nível dedicada aos verbos.

Esse site saiu do ar por alguns meses no ano passado, mas (ufa!) voltou. É o melhor site que conheço para alunos intermediários que querem mais material para se exercitarem, e, realmente, ele me fez falta nesse período de sumiço.

2. CCDMD – Amélioration du français (teoria e exercícios)

https://www.ccdmd.qc.ca/fr/

Para alunos avançados ou intermediários (aconselho a orientação de um professor).

Site canadense impecável na organização e no conteúdo. Com visual limpo, muito bem planejado, explicações teóricas precisas e ótimas instruções para a realização dos exercícios. Estas podem parecer exageradamente detalhistas, mas são feitas assim para treinar o seu raciocínio.
Cada exercício em pdf tem as respostas no próprio arquivo.
Nos exercícios a serem feitos on-line, a correção é automática.

Não se trata apenas de um site de gramática, ele é extremamente abrangente: há material para estudar vocabulário, ortografia, pontuação, estratégias de escrita, estratégias de revisão, testes diagnósticos, jogos… É espantosa a quantidade, a qualidade e a diversidade de material que o CCDMD oferece.

No índice, à esquerda, você vê uma primeira divisão: o matériel à imprimer e o matériel interactif – e não se trata do mesmo conteúdo, só que em formato diferente, como é o caso do Français en ligne.
Escolha o seu assunto, o que quer estudar, e explore o site.

O site é excelente, mas:

  • Entre pelo endereço dado acima, porque é difícil se localizar entrando pela página principal.
  • Por incrível que pareça, o excesso de informações e de instruções pode atrapalhar ou intimidar alunos intermediários. Vá com calma ao escolher o material ou peça a ajuda de um professor.

3. Banque de dépannage linguistique (teoria e exercícios)*

http://bdl.oqlf.gouv.qc.ca/bdl/

Material para todos os níveis; mas iniciantes e intermediários podem precisar da orientação de um professor, especialmente para entender as explicações teóricas.

Esse site, que faz parte do portal Office québécois de la langue française, diz, na sua apresentação, que ele “propõe explicações, acompanhadas de exemplos, sobre as dificuldades da língua quotidiana. Faça dele sua referência para respostas claras e facilmente acessíveis.”
Ele dá conta de uma variedade de tópicos, entre outros: ortografia, sintaxe, vocabulário, pontuação, pronúncia e, por ser um site canadense, de empréstimos do inglês.
Os artigos são sempre curtos, têm exemplos e sugerem links para assuntos conexos.

Você tem três possibilidades para começar a explorá-lo: a Liste des articles =[de artigos/entradas], o Index thématique ou o Index alphabétique. Na lista de artigos, você encontra La typographie, por exemplo, que apresenta muitas entradas sobre o uso do itálico e muitas mais sobre o uso das maiúsculas.

Para ter acesso aos exercícios, é por aqui: bdl en exercices en ligne. Depois da correção, você pode passar o mouse sobre as respostas e terá explicações complementares.

* Banque de dépannage linguistique pode ser traduzido, aproximadamente, por Banco de ajuda linguística (ou auxílio linguístico).

O site é excelente, mas:

  • As explicações cobrem a maior parte do que qualquer aluno pode vir a se perguntar um dia; mas, às vezes, eu fico com um gostinho de quero mais. O site é tão bem feito que eu gostaria que ele se aventurasse pelos tópicos mais problemáticos da língua.
  • Os (poucos) exercícios não são mostrados na página de entrada; use, portanto, o link acima.

4. Académie française (teoria)

http://www.academie-francaise.fr/questions-de-langue

ou o mapa do site: http://www.academie-francaise.fr/sitemap

Para alunos avançados, e intermediários com a orientação de um professor.

Dos sites deste post, é o único que não tem muita abrangência, maisl‘Académie, c’est… l’Académie ! Se ela nem sempre é seguida, é ao menos ouvida. Site, em geral, curto e grosso, sem frescuras. Tem seções ótimas, nas quais as questões de gramática se misturam às de vocabulário; por exemplo, “Dire, ne pas dire” e Questions de langue”. O assunto é rapidamente destrinchado e exemplificado. No entanto, ele não apresenta a gramática de forma sistemática, cuida apenas dos erros recorrentes dos nativos.

Proponho que você o use de uma das duas maneiras a seguir:

a) Faça visitas eventuais só para “dar uma lidinha”. Assim, pouco a pouco, você melhora o seu francês.

b) Se você fizer uma pesquisa com o seu mecanismo de busca, e ele aparecer, entre sem hesitar, a resposta que você obterá será uma recomendação respeitada. Mas saiba que pode haver divergências: outros sites, outros dicionários prestigiados podem defender com toda a propriedade ideias opostas.

Sugiro, na sua primeira visita, dar uma olhadinha nestes dois exemplos:

Além disso, esse site ainda tem o dicionário da Academia, já na sua 9ª edição.

Ótimo site, mas:

  • A Academia só se preocupa com os problemas, com os erros recorrentes, e não analisa cada item da gramática francesa.
    • /!\ Para ter uma explicação detalhada de cada item da gramática, visite os outros sites recomendados neste post.
  • Apenas teórico, sem exercícios nem atividades – mas os exemplos são ótimos.

5. La grammaire du français langue étrangère pour étudiants finnophones (teoria e exercícios)

Liste des chapitres: http://research.jyu.fi/grfle/000.html

Table des matières détaillée: http://research.jyu.fi/grfle/990.html

Preferencialmente para alunos avançados ou professores.

O nome diz (quase) tudo: trata-se de um site sobre a gramática francesa para finlandeses. Mas seria mais justo dizer para estrangeiros**; simplesmente ignore os exemplos e as comparações com o finlandês e terá um site com excelentes explicações teóricas e organização fantástica.

Uma grande vantagem é que ele leva em consideração a língua falada nas explicações de gramática, ortografia e pronúncia, tudo de forma enxuta.

Os assuntos são divididos em blocos relativamente curtos, e, se quiser continuar a ler sobre os assuntos conexos, basta clicar nos links internos.
Vale a pena dar uma passadinha no índice: http://research.jyu.fi/grfle/955.html

** Nesta página, que explica a concepção do site, pode-se ler: “cette grammaire pour finnophones s’adresse aussi à un public plus large et peut intéresser des utilisateurs autres que finnophones, et, en de nombreux endroits, il est fait référence expressément aux problèmes rencontrés par exemple par des hispanophones, des italophones ou des russophones.”

Site excelente, mas:

6. Manuel de la grammaire française, de Gabriel Wyler (teoria)

http://gabrielwyler.com

Apenas para alunos avançados ou professores.

Excelente manual de gramática que usa terminologia linguística e cujas explicações são dadas de forma muito direta. Esse manual já me salvou mais de uma vez, quando nem mesmo o (meu) Grevisse*** citava o assunto.

É interessante notar que esse manual e a Academia, ambos têm explicações curtas e exemplos matadores. O visual dos dois sites é superdiferente, assim como seus objetivos, mas eles têm em comum a objetividade das explicações.

E, olha que simpatia, logo na página principal do site : “Les personnes désireuses de consulter cette grammaire hors ligne peuvent se servir de notre logiciel qui leur sera expédié gratuitement sur simple demande par mail indiquant leurs coordonnées postales.”

Simplesmente adoro a estrutura em forma de árvore da Table des matières!

*** Continue lendo, voltarei a falar do Grevisse.

Site excelente, mas:

  • O vocabulário de linguística pode atordoar você – já li críticas que a tratavam de hermética. Simplesmente esqueça a teoria e vá aos exemplos. O autor costuma ser bem claro com as suas classificações de pode, não pode e talvez.
  • Já li críticas sobre certos posicionamentos do autor. Na dúvida, sempre cruze informações; ou seja, consulte mais de um site ou livro.
  • É apenas teórico, sem exercícios nem atividades.

Como disse, no começo desse artigo, há outros sites de gramática muito bons e falarei deles em outros posts. Por enquanto, fiquem com o bônus, a seguir, sobre livros.

7. Bônus (teoria e exercícios)

Até agora tratei de material on-line, excelente e gratuito. Mas eu não poderia deixar de citar alguns livros, visto que recomendo sua utilização aos meus alunos.

  • Exercícios. Estas duas coleções de gramática também trabalham muito bem, de forma indireta, o vocabulário.
    • Teoria e exercícios:
      Toda a coleção Grammaire progressive du français, da CLE, com CD e material web.
      Na página da esquerda tem a teoria, na da direita, os exercícios – cada um com um modelo a ser seguido.
      Quem conhece o Murphy, de inglês, sabe como funciona.
    • Exercícios, apenas:
      Toda a coleção Exerçons-nous, mais conhecida como 350 exercices de grammaire (ou de vocabulaire, etc.), da Hachette.
      Essa coleção é bem antiga e está sendo constantemente renovada. Embora os livros não apresentem a teoria, no ínício de cada capítulo, pode-se ver um resumo do que vai ser visto. E cada exercício tem um modelo a ser seguido.
    • Ambas as coleções são excelentes, mas é preciso comprar também o corrigé, que é vendido à parte. E deve ser comprado ao mesmo tempo, caso contrário você se arrisca a levar o de uma edição diferente, ou seja, não vai funcionar.
      Obviamente, se você tiver um professor, o problema deixa de existir.
  • Teoria para avançados e professores: Le bon usage, mais conhecido pelo nome do autor, Grevisse.
    Existe o livro (o meu tem 1519 páginas!) e o site (pago). A referência de gramática para estudiosos da língua francesa, nativos ou não.

Você tem agora várias opções de material de gramática para estudar a língua francesa. Vou voltar a falar, em posts futuros, de outros sites muito bons, que talvez até sejam incorporados a essa lista, mas, antes disso, vou fazer uma série sobre dicionários on-line.
À suivre !

Bonne semaine !

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s